MENU

by • janeiro 18, 2012 • ResenhasComments (27)1625

[Resenha] Um Dia, de David Nicholls

Talvez uma das características que mais contribuem para tornar este um livro querido seja o quanto ele aparenta ser real. Os personagens são confrontados com escolhas a todo momento, e os seus destinos acabam sendo moldados quase sem querer, numa clara demonstração do quão cada pequena decisão que tomamos pode influenciar as nossas vidas de forma irreversível e nem sempre para melhor.

Os personagens são humanos e, em vários momentos, sentimos raiva de suas atitudes e imaturidade, mas ao mesmo tempo é impossível não nos apegarmos a eles, pois de certo modo refletem a nós mesmos e nos questionam indiretamente a respeito de quais serão as nossas escolhas quando chegar nossa vez de defronta-las.

É através dessa narrativa realista que o autor consegue cativar o leitor. O livro em si não é romântico, mas é justamente por não sê-lo  que ansiamos e sonhamos tal qual faríamos caso estivéssemos no lugar de cada um. Que vibramos e torcemos, mesmo quando às vezes nada parece favorável à dupla de protagonistas, como se o destino implacável sobreviesse a tudo mais, e o peso de nossas escolhas começasse finalmente a ceder sobre nossas costas.

Cada capítulo do livro é narrado com o intervalo de um ano, sempre nos mostrando o que está acontecendo na vida dos personagens no exato dia 15 de julho. O que para alguns pode parecer uma lacuna enorme, para o Nicholls é uma forma brilhante e bem sucedida de se narrar uma história. Em momento algum nos sentimos perdidos, imaginando ou sentindo falta de algo que não aconteceu; a narrativa rápida e envolvente nos deixa ansiando por mais, ávidos para descobrir o que o destino os reserva.

“Foi um dia memorável, pois operou grandes mudanças em mim. Mas isso se dá com qualquer vida. Imagine um dia especial na sua vida e pense como teria sido seu percurso sem ele. Faça uma pausa, você que está lendo, e pense na grande corrente de ferro, de ouro, de espinhos ou flores que jamais o teria prendido não fosse o encadeamento do primeiro elo em um dia memorável.”Charles Dickens, Grandes Esperanças

Vez ou outra cruel, como a vida às vezes é, mas acima de tudo um relato esperançoso que nos mostra que nunca é tarde para fazer o que é certo e, principalmente, nunca será tarde demais, quando o amor é verdadeiro.

Título Original: One Day
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 416
Gênero: Romance

Related Posts

27 Responses to [Resenha] Um Dia, de David Nicholls

  1. gabi disse:

    Oi!

    Eu também adorei esse livro justamente por ser bem real. Concordo com absolutamente tudo que disse na resenha 🙂

    E adorei também que vai ‘pulando’ de ano em ano, foi uma narrativa diferente de tudo que eu já tinha lido antes!

    Gabi

  2. Lucas Martins disse:

    Duda, eu tenho o livro, mas não li – shame on me.
    Nem tenho palavras para definir a resenha – e a frase do divo do Charles Dickens-, estou louco para ler Um Dia!
    Eu gosto muito quando autores conseguem criar personagens assim, tão marcantes.
    Fiquei é curioso para saber que tipo de narrativa ele criou.
    Enfim, bjão, Duda! 🙂

  3. Aione Simões disse:

    Duda, nem sei o que dizer! Acho que foi a sua melhor resenha e a melhor resenha que já li de Um Dia!
    Você disse tudo que foi preciso dizer e de uma maneira que deixou claro o quanto o livro te tocou. Concordo com você em tudo que foi dito, me apaixonei pelo livro também, por toda a realidade dele, por ser romântico ainda que não o seja.
    “Nunca duas pessoas aparentemente tão diferentes, opostas em diversos sentidos, pareceram tão certas uma para a outra.”
    Lindo!!

    Enfim, amei a resenha!
    Parabéns, querida!

    Beijão!

  4. Dudaaa, você sempre tá se superando em suas resenhas e concordo com a Aione, essa foi a melhor!
    Domingo, em Caruaru, peguei esse livro na mão e minha prima perguntou ‘por que tu não compra?’ e eu respondi ‘não posso comprar livros até maio’ #chora.

    Fui lendo sua resenha e senti que ela estava bem corrida, mas não apressada, acho que avassaladora, vocês transmitiu uma maravilha a respeito do livro que só me deixa pensando “quem será que pode me presentear?” haha.

    Beijos!!

  5. Mônica disse:

    Edu, sua resenha ficou show! Bem a altura da beleza do livro. Também adorei este livro e Dex & Em virão meu casal favorito.Beijos

  6. Máh disse:

    Oiee! Estava anciosa por sua resenha. Eu amo Um dia! E fiquei muito feliz por você também ter gostado. Não vejo a hora de poder ler outros livros do autor.

    Beijos!

    Máh – Crazy for books.

  7. Parabéns pela resenha Eduarda! Estou ansiosa para ler Um Dia! Beijos!

  8. Julia Cedro disse:

    Oi Duda,

    Nossa, sua resenha ficou maravilhosa! Ainda não li este livro, mas estou louca para lê-lo, pois só ouço criticas positivas sobre ele. Acho que é super interessante essa forma de narrar. David Nicholls deve escrever bem, pois com esse intervalo tão grande na história, ela deveria ficar confusa, mas percebo nas resenhas que leio que não.

    Beijos,
    Sonhos de Garota

  9. Érica Lopes disse:

    Ainda não tive oportunidade de ler o livro, mas assisti o filme!

    E não tenho dúvidas quanto esse livro é especial!!

    Linda resenha ^^
    Parabéns!!!

    Beijos

  10. Camila Costa disse:

    Oi Duda;
    eu assisti o filme essa semana e com certeza quero ler o livro! Pelo menos já estou preparada para as lágrimas kkkk a história é brilhante e eu nao vejo a hora de conferi-la nas palavras do autor *-*
    Beijão!

  11. ✿ Nessa✿ disse:

    Olá!
    Eu comprei este livro e ele esta na espera!
    Todas as resenhas que eu já li dele falam a mesma coisa e parece ser ótimo!
    Acho que essa será minha próxima leitura, estou super curiosa para ler!!
    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

  12. Haha, Um dia é bom demais né? Eu fico sem palavras pra descrever o tanto que gostei desse livro..

  13. Aii eu vou te esganar!!! (no bom sentido se é que tenha um bom sentido na minha frase.rs)

    Sabe, eu tava naquela “Leio ou não leio?” com este livro.
    E você definitivamente me fez pular para o ‘leio’ e agora eu o quero. Ai meu deus, o duro é que se eu assistir ao filme primeiro, provavelmente perderei a vontade de ler o livro.

    Então, vou fazer o possível para primeiramente ler o livro e depois ver o filme.
    PRECISO CONHECER ESTA HISTÓRIA!

    Beijos!
    Bia | http://www.livroseatitudes.blogspot.com

  14. Olá, eu amei sua resenha. Eu tenho o livro e to lendo aos poucos, eu não sou muito fã de livros de romance mas eu gostei muito dessa idéia brilhante do David de ficar pulando ano por ano.

    Bjs

  15. The Nice Age disse:

    AMIGA….
    QUE RESENHA FOI ESSA?
    A melhor de todas! super empolgada sentir vc aqui do meu lado me falando do filme, lembrei da primeira vez que vc me falou de Secondhand Serenade IGUALZINHO!
    Beijos

  16. Bianca disse:

    Oi Duda!
    Muito boa sua resenha! Me convenceu de verdade a ler esse livro e quero que seja antes de ver o filme.

    Beijos, Bi
    http://behindenemyline8.blogspot.com/

  17. Dudaa!!

    Eu não gostei do filme!! Mas adorei a sua resenha, acho que vou dar uma chance ao livro, que aliás é sempre melhor do que o filme né?!

    Adorei a sua resenha!!
    Parabéns!!

    http://my-literarylife.blogspot.com/

  18. Ai meu Deus! Como não ler um livro que foi resenhado desta forma? Impossível!
    Parabéns pela resenha, foi extremamente bem escrita.
    Já li diversas resenhas sobre este livro, e todas muito positivas. Mas a sua foi diferente, foi emocionante sabe? Conseguiu passar, pelo menos para mim, um pouquinho da sensação que você teve ao ler o livro e isto deixa qualquer pessoa louquinha pra ler também.
    Parabéns! Espero ler logo este maravilhoso livro!
    Um beijo ;*

    Juliana . Oliveira
    http://www.linhasdeencanto.blogspot.com

  19. Julia G disse:

    Duda, resenha maravilhosa! Acho que, de todo o livro, nenhuma frase o resume melhor do que esta epífase que você colocou. Linda, perfeita, assim como o livro.
    Li ele agora no início do ano e já estou com uma resenha pronta para postar, de tão maravilhoso que é.

    Um beijão.

  20. Olá Eduarda.
    Nossa, eu adorei o seu blog, é lindo demais!
    E nem preciso falar nada de ‘Um dia’ né? Simplesmente adorei. Concordo PLENAMENTE com a sua opinião do livro, totalmente. Em todos os aspectos, hehe.

    Sucesso de blog!
    http://bestherapy.blogspot.com/

  21. A cada resenha que leio, fico com ainda mais vontade de ler o livro… Parece ser realmente uma perfeição literária!
    Me apaixonei por essa capa do filme e, assim que puder, irei comprá-lo, já que bons comentários não param de surgir na blogosfera!
    Adorei sua resenha! 🙂

    Beijinhos, Amanda Cristina.
    http://www.primeiro-livro.com

  22. Ana Ferreira disse:

    Duuda,

    Que saudade de passar por aqui! Como vão as coisas?

    Gostei muito de retornar justamente com uma resenha de “Um Dia”, um livro que também li há pouco tempo e me cativou igualmente. Acho que é uma história que mexe muito com todos nós por sua sensibilidade, por vezes cruel, mas muito sincera. Fiquei bastante melancólica ao longo das páginas, principalmente quando um dos dois deixava de fazer algo que poderia ter sido crucial para o relacionamento de amor entre Em e Dex, Dex e Em.

    Sua resenha expressou isso muito bem ^^

    Beijinhos,
    Ana – Na Parede do Quarto

  23. Naty disse:

    Amei a resenha, esse é um livro incrível, eu o considero um dos melhores livros que já li até hoje. *-*

    A história toda é tão bonita e ficamos torcendo o tempo toda para que dê certo… Foi um livro encatador de se ler.

    Bj;*
    Naty.

  24. Aline Coelho disse:

    Duda querida sua resenha ficou ótima.
    Apesar de não concordar com alguns pontos, respeito sua opinião.
    bjão querida!!!

    p.s. Queria eu tirar férias mês que vem, mas não conseguir me empurraram para maio, vou ver se consigo março =/

  25. Luana Feres disse:

    Duda, concordo com a Aione. Creio que foi sua melhor resenha e a melhor resenha desse livro. Não me atrevi a escrever uma resenha de Um dia, pois sabia que não conseguiria expressar o que senti como você. Minhas palavras sumiam, sempre que tentava. Fiquei quase arrepiada pela forma que você escreveu, de verdade. 🙂 Ah, recebi seus mimos e adorei. Muito obrigada, fofa.

    Beijos

  26. ka macedo disse:

    Duda, que resenha linda! Dá para ver bem como você amou o livro.
    Eu ainda não li, mas sou louca para fazê-lo desde que assisti ao filme. Eu fiquei completamente atordoada com o rumo da estória e a realidade nela. David Nicholls escreveu uma estória magnifica com personagens completamente humanos. E isso eu percebi só pelo filme, fico imaginando como será quando ler o livro! Acho que vou me apaixonar tanto quanto você 🙂
    E, preciso repetir; sua resenha está realmente maravilhosa!

    Beijos Duda!

  27. Mylla disse:

    Tava querendo muito assistir o filme e ler o livro. Acabei fazendo a primeira coisa antes da segunda e acabei não gostando tanto quanto achava que ia gostar. Acho que botei muita expectativa em cima, sabe? 😐 Mas a tua resenha me fez botar fé no livro outra vez, haha. Vamos ver se acabo comprando o bichinho em breve. 🙂

    :*

    http://hey-london.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *