MENU

by • agosto 10, 2013 • ResenhasComments (56)4344

[Resenha] Will & Will, de John Green e David Levithan

Will & WillDiferente e divertidíssimo, Will & Will é um dos livros mais engraçados e deliciosos que tive o prazer de ler este ano. Com um enrendo original (um alívio nestes dias), personagens carismáticos, muito, muito humor e uma narrativa gostosa, é o tipo de leitura que a gente faz e não sente o tempo passar.

Will Grayson é um garoto comum que apenas quer ser deixado em paz. Só que isso é um pouco difícil por causa do seu enorme melhor amigo expansivo e gay que chama atenção por onde passa e, no momento, está escrevendo um musical gay para a escola. Os dois possuem uma amizade sólida (e linda de viver) e, ainda que adote uma atitude carrancuda e calada, Will preza o amigo acima de tudo.

Ao mesmo tempo, alguns quilômetros de distância dali, conhecemos outro Will Grayson, triste, depressivo e gay, um garoto esquivo que apenas tenta sobreviver ao dia e tem como única alegria as conversas online com outro garoto pelo qual se apaixonou perdidamente através da internet.

O livro é uma delícia. Sabe quando você adora, ADORA os personagens? Eles são tão queridos que me senti vidrada em suas histórias. Nunca monótono, pelo contrário, me vi rindo alto em diversas partes e posso atestar que isso aconteceu em pouquíssimos livros. Não sei se parte John Green ou parte David Levithan, mas a mistura saiu incrível.

Os autores possuem um ótimo senso de humor, justamente o tipo de comicidade que eu aprecio, e tenho certeza que isso contribuiu e muito para minha completa imersão na história. Análises sarcásticas da sociedade, piadas levemente (ou não) autodepreciativas e inteligentemente construídas, temperam o enredo dando um toque diferente, um mar de mudança no universo comum e cada vez mais igual dos YAs de hoje.

“verifico meu e-mail e é quase tudo spam. o que eu quero saber é o seguinte: existe mesmo alguém no mundo todo que recebe um e-mail de hlyywkrrs@hothotmail.com, lê e diz pra si mesmo: “sabe, o que eu preciso mesmo é aumentar meu pênis em 33%, e a maneira de fazer isso é enviar $ 69,99 àquela simpática senhora ilena da VIRILIDADE MÁXIMA CORP através deste conveniente link da internet!” se as pessoas caem mesmo nessa, não é com o pau que deviam estar preocupadas”.

Os personagens são humanos nos seus defeitos e qualidades, tomam decisões erradas, acertam, brigam, choram, expõem os seus pontos de vistas e suas limitações, se arrependem, perdoam, transpiram vida fora das folhas e nos envolvem no mundo real. Suas vozes sinceras convencem e refletem os medos, anseios e dilemas de diversos jovens contemporâneos, sem medo de sair do lugar-comum, mas sim compreendendo a necessidade de transpor obstáculos preconceituosos arraigados no pensamento coletivo.

O tema discutido, a forma como o tema foi discutido, só isso já é digno de admiração. Os autores mostram a luta diária contra o preconceito, seja de um gay assumido, um gay enrustido, ou um garoto hétero que sofre discriminação por ser melhor amigo de um gay. Eles falam sobre a volta por cima, caráter, o valor sincero e inestimável de uma amizade verdadeira e a aceitação de quem somos. Tudo no livro é lindo e passado de modo real. A mensagem é tão tocante e sincera culminando em uma última cena tão emocionante que não pude evitar soltar algumas lágrimas de alegria ao final. Will & Will é uma celebração ao amor.

Título original: Will Grayson, Will Grayson
Editora: Galera Record
Número de páginas: 352
Gênero: Young Adult
Cedido em parceria com a Galera Record

Related Posts

56 Responses to [Resenha] Will & Will, de John Green e David Levithan

  1. William disse:

    Oi Duda!
    Já li Will & Will e concordo com tudo que você disse. O livro é ótimo e divertidíssimo, uma bela surpresa. Iniciei a leitura sem saber muito o que esperar e a cada página que eu lia me envolvia mais com a história e os personagens. E como eu estava precisando de uma leitura que me envolvesse dessa forma ultimamente, sabe?
    O final é realmente lindo, estava no ônibus quando terminei a leitura, então tive me controlar um pouco. Mas foi impossível não abrir o maior sorriso enquanto lia os momentos finais.
    Beijão!

    • Eduarda Menezes disse:

      Will,
      Já aconteceu comigo de ter que segurar também. Ainda bem que dessa vez não foi o caso, fiquei super feliz com aquele “surpresa” imprevisível. Foi muito <3

  2. John Green <3
    Depois da maravilha que foi ACEDE, nem preciso dizer que agora pretendo ler até a lista de compras dele, né?
    Gostei bastante do que Will & Will propõe, é um assunto polêmico, e que muitos não compreendem. É só amor!
    Também estou super curiosa pra ver no que deu a parceria John-David, e conhecer esses personagens tão humanos.

    Adorei sua resenha!

    Beijooss,
    Jennifer♥

  3. Interessante sua resenha! Assim que vi o livro, fiquei com vontade de lê-lo, mas, na verdade, não sabia muito bem sobre o que seria http://www.book-addict.com/wp-includes/images/smilies/icon_confused.gif
    Enfim, gostei muito da promoção!!! Estou torcendo muito para ganhar!!!
    Bjs.

  4. John Green tá aí um autor que quero muito ler (Vergonha), E o David também e a união dos dois em um livro cujo a sinopse me chamou muita atenção. E esse jeito da narrativa que intercala os dois personagens e também o fato de os dois personagens serem de autoria de cada autor também chama atenção pois cada um terá sua personalidade oriundas de cada autor!

  5. Gabi disse:

    Concordo com todos os pontos que você colocou na resenha. É um livro divertido, original e com uma mensagem. É o livro mais divertido do John Green, os outros dois livros que eu li do David Levithan também envolvem assuntos diferentes e narrativas bem originais.

  6. Ivi Campos disse:

    Duda, estou com este livro nas mãos e pensando um milhão de vezes se leio ou não. Fiquei um pouco traumatizado com personagens com nome “Will” devido aos livros O PACIFISTA e COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ, mas confesso que sua resenha me animou por dois motivos: Em primeiro lugar pelo bom humor que você encontrou na narrativa e em segundo lugar por ser original, diferente dos YA que estão em alta no momento. Acho que faltava essa resenha para me fazer abrir as páginas do livro e começar… bjs

  7. Camilla Neves disse:

    Já estava com vontade de ler, agora sua resenha me deixou com mais vontade ainda!
    Foi muito bom dois autores se juntarem para criar uma história bem diferente do mocinhO/mocinhA de sempre e isso é muito bom de se ver nos dias de hoje!

  8. Priscila disse:

    Nossa… Will & Will está na minha wishlist há muito tempo!! Só vejo resenhas extremamente positivas sobre ele, falando o quanto é bem humorado e diferente do comum! Já adoro o John Green e, apesar de não ter lido nada do David Levithan, já tenho outros dois livros dele na minha listinha também!

    Torcendo muito pra ganhar!

    PS: adorei a resenha! Sou nova aqui e amei sua escrita e suas considerações. 😉

  9. Cintia disse:

    Oi Duda!

    Mais que delicia de livro hein? Fiquei super curiosa. Adorei a resenha me deu vontade de correr.. comprar o livro… e colocar ele em primeiro lugar na lista de leituras!
    Não li AINDA nada do John Green, porque sei que vou chorar litros em a Culpa é das estrelas por isso não me atrevi AINDA
    Mais pela resenha com certeza vou começar por esse!

    Beijos!

  10. Tenho vontade de ler John Green à um bom tempo já, e creio que minha vontade só aumenta cada vez mais a cada resenha de suas obras que vejo pois, em todas elas os leitores tem pontuado a qualidade do enredo original – que concordo com você com relação à falta de originalidade e qualidade nos ya atuais – e tramas inteligentes com humor à mesmo nível. Quando ví a capa do livro confesso que fiquei mais interessada por ser John apesar dela ser lindíssima. Achei extremamente interessante o fato de o livro tratar assuntos atuais e ainda considerados tabus pela nossa sociedade de forma pelo que me parece clara e bem retratada, e acho isso memorável. Após terminar de ler sua resenha só tive uma certeza: eu definitivamente preciso ler esse livro! Adorei a resenha Duda, sua escrita simplesmente prente o leitor do início até o ultimo ponto do texto 🙂

  11. Tâmara Moya disse:

    Oi Duda

    Este livro parece ser muito bom e com uma bela mensagem, adoro livros como este que nos fazem ver diversas realidades e pensar na vida. O livro é um retrato juvenil de dúvidas e medos, que vai do clichê ao exclusivo em instantes, e que para os mais sensíveis, tende a apresentar inúmeras lições de vida.
    A narrativa parece ser jovem, atual, irônica, forte e encantadora.
    Adorei a resenha!

    Quero muito ler este livro!
    Beijos

  12. Lygia disse:

    Apesar de ter seus momentos engraçados, o livro não funcionou pra mim pq faltou objetividade. Pra mim, pareceu que faltou aos autores um ‘aonde queremos chegar com isso?’ e ficou tudo meio gratuito pra mim. Eu não curti 🙁

    Só acho que o livro deveria se chamar Tiny Cooper, pq NEH? rsrsrs

    Beijo grande!

  13. Neny disse:

    Acho diferente um livro que fale abertamente sobre o assunto, eu pelo menos li quase nada, se tratando de um romance gay.
    Acho legal junçõa entre autores, fica legal e vc fica tentando adivinhar qual parte é de quem rs.
    Agora é so esperar para le lo, mais um livrinho para minha lista,
    beijos.

  14. Estou louca para ler este livro..
    É um dos únicos do livro do autor que eu tenho MESMO vontade de ler.. o resto acho que é de tanto todos falarem.
    Tomara que eu o leia em breve. Estou super curiosa.
    Participando da promo e ótima resenha!
    Sou sua fã! haha
    Bjs

  15. ai ai.. vou ter que criar um twitter.. só pra poder participar dessas promocoes lindassss…..
    participandoo

  16. Iure Silva disse:

    Adorei a resenha. Me deu supeeeeeeer vontade de ler esse livro. Espero ganhar simmmmm!!! 🙂

  17. Adoro o John Green (e alguém não?), mas nunca li nada do David Levithan, então essa seja a prova de fogo, o enredo é diferente e chamativo, só ouço e leio elogios e tô super curiosa pra ler.

    Ah, acabei de conhecer o blog e tô amando {:

  18. Cello disse:

    Livros com parcerias famosas são sempre muito badalados e este ainda toca no assunto homossexualismo que estranhamente é tema pouco usado na literatura.
    Com certeza, participando!!

  19. Ludmila disse:

    Oi Eduarda, adorei a resenha. Acho que o John Green tem mesmo essa capacidade que poucos escritores tem de tornar seus personagens muito humanos e pálpaveis. Não me surpreende que nesse livro tenha sido dessa forma.
    Eu gostei muito da história e me interessei bastante. Principalmente por ser bem diferente de tudo que tem no mercado. Além disso, gostei muita da capa!
    Nunca li um livro do David Levithan então acho que é uma boa oportunidade!
    Beijos

  20. Suzi disse:

    Ainn tenho tanta vontade de ler esse livro ele está no topo dos meu desejados !
    E acada resenha que leio a ansiedade e a certeza de que eu vou amar só aumenta ♥
    Amo a capa desse livro e acho que celebrar o Amor é muito necessário 😉
    Beijos

  21. Adorei Eduarda sua resenha e fiquei muito curioso para ler. Gosto de livros engraçados e que divertem o leitor, a leitura fica mais dinâmica, e tal. Parabéns pelo site!

  22. Estou louca para não só ler mas como ter esse livro. Adoro livros que fazem parecer louca rindo sozinha ou chorando. Parabéns pela resenha, você conseguiu me deixar desesperada para lê-lo.

  23. Joedson disse:

    Oi Duda! John Green é um autor diferenciado.. li dois livros dele: “A Culpa é das Estrelas” e “Paper Towns” (no original) e nossa.. é muito boa a forma apaixonada que ele escreve, a forma como seus personagens são construídos, o humor sempre presente em sua obra e as “nerdices” que, como um verdadeiro nerdfighter (os que acompanham seu canal do YouTube, entenderão), não poderia faltar! Outro livro dele, e do qual falam muito bem é “Quem é você, Alasca?” mas ainda não tive a oportunidade de ler. Acredito que esse livro deva conter esses temas abordados constantemente nas obras do John, mesmo sendo uma obra cooperativa! *Digo acredito porque passei uma vista na resenha, mas não a li toda (não estou mais lendo sinopses/ resenhas de livros que irei ler. Então, assim que ler, passo aqui para dar minha opinião!! http://www.book-addict.com/wp-includes/images/smilies/icon_wink.gif Bjo!

  24. Para começar gostei muito da resenha, é interessante ver um livro com vivencias de jovens gays e com uma narrativa leve, faço tal afirmativa confiando em sua resenha kkk. A sua resenha me deixou ainda mais curiosa para ler o livro, pois eu já tinha ouvido falar sobre o livro e os comentários não foram bons, até por que quando falamos de John Green sempre espera-se algo mais, para falar a verdade eu estava meio receosa por tal narrativa, não um preconceito e sim por um pré-conceito, até porque eu não li ainda um livro deste gênero.

  25. Olá
    Nunca li o livro, porém estou curiosa, pela sua resenha o livro deve ser ótimo rsrs, algumas amigas minhas que leram disseram que é realmente ótimo e estou curiosa por ser do John Green!!
    Beijos

  26. Vanessa Llona disse:

    Eu já tinha vontade de ler esse livro, agora fiquei com mais ainda, amo livros que celebram a aceitação e amizade. Acho o John Green um grande contador de história, só o fato dele ser um dos autores já me despertam o desejo de ler.
    Bjs

  27. Luiza disse:

    Oi Duda, comecei a ler este livro hoje e já estou super empolgada. Bjão

  28. Mey disse:

    Esse era daqueles livros que ainda não tinha me interessado, não sei porque…talvez por ter me decepcionado um pouco com a culpa é das Estrelas, que não alcançou minhas expetativas. De qualquer forma, agora sua resenha me deixou curiosa. Vou ver se consigo ler. Bjkssss

  29. Eu to louco pra ler esse livro, Jhon se tornou meu vício kkk.

  30. Clara Coelho disse:

    Estou louca para ler esse livro desde quando saiu a previsão que vinha para o Brasil. A premissa parece ser incrível e parabéns pela resenha, ficou ótima!!! Estou ainda mais curiosa agora 🙂

  31. Tahis Aguiar disse:

    Olá Duda!
    Que resenha hein.. me deixou mais curiosa ainda pela leitura, ainda mais sendo o querido do John Green. Espero poder adquiri-lo logo, quero muito conhecer Will e Will, e me emocionar com essa história, acho que a maioria das pessoas deveriam ler esse livro! Adorei a resenha! Beijos!

  32. Katy Paiva disse:

    Oi Duda!
    assim que li a sua resenha fiquei com muita vontade de ler esse livro. parece ser um enredo bem original já que fala sobre um romance gay. Sou nova aqui e amei tudo, principalmente as suas resenhas, são absolutamente perfeitas, parabéns.
    Enfim, amei essa promoção, e estou roendo as unhas de ansiedade xx

  33. Tatah disse:

    Louca pra ler Will e Will, principalmente porque nunca li um romance homossexual e confio que o David e o John não irão me decepcionar!
    Ah Duda, so tentando ajudar, ali no formulario no lugar pra seguir a editora galera record no instagram, esta dizendo editora Rocco. 😉

    • Eduarda Menezes disse:

      Obrigada pela correção Tatah, já ajeitei! 😀
      Pelo menos o link estava direcionado certo, ainda bem que era só o nome hehe

  34. Adorei a resenha e estou participando da promoção com certeza! Já estava com vontade de ler esse livro há algum tempo, e sua resenha me incentivou! Com certeza se eu não ganhar a promoção, comprarei o livro. Adoro seu blog e te acho uma ótima escritora. Beijinhos e até a próxima leitura!

    -Vic

  35. Estou muito curiosa para ler Will e Will primeiramente porque nunca li nada dos autores e gostaria de conhecer a escrita deles e depois o enredo da história me deixou super curiosa. Ouvi amigas falando muito bem do livro mas me sentia insegura para ler, mas a resenha a cima me instigou mais do que os comentários delas achei a princípio que seria uma história chocante sobre um relacionamento gay, mas pelo visto a história mostra que gay ou não todos os relacionamentos têm suas crises e inseguranças.

  36. Erika Paiva disse:

    Esse livro tem tudo pra ser bom. Dois otimos autores e um tema que não se tem muito inscrito sobre ele ainda. Curiosa para ler.

  37. Apesar de tu ter explicado direitinho quem é quem na historia, ainda estou meio confusa os Will’s pra minha pessoa (:D, yup sou lenta), mas achei a ideia dos autores bem legal, tendo personagens homossexuais (coisa que ate hoje não li) e tal. Achei a capa bonita, nao sou muito fan de capas com pessoas enfim, espero ler esse livro logo porque fiquei curiosa!

  38. Danilo Lucas disse:

    Will e Will foi uma grata surpresa esse ano, um dos livros mais engraçados que li.

  39. Shadai Vieira disse:

    Esse livro deveria virar best-seller e até filme, pois precisamos de mais obras leves mas ao mesmo tempo forte, para ir quebrando o tabu desse tema, e nos emocionar e vermos que é a maior burrice do mundo ser preconceituoso. Aliás, ótima resenha!

  40. Luana disse:

    Querendo muito ganhar o sorteio.
    Otima resenha Duda, vc sempre me deixa com vontade de ler mais e mais livros rsrs.

  41. Nossa, Duda!! Participando da promoção!! Com as suas dicas de leitura eu sei que posso contar sempre! Mais uma resenha empolgante, estou louca para rir com Will & Will, espero me divertir muito! Estava um pouco desconfiada, mas adoro a escrita do John Green, apesar de nunca ter lido nada do Levithan. Sou fã de JG desde ACEDE. Beijos!

  42. Ingryd Melo disse:

    Já faz um tempo que estou curiosa para ler esse livro, e como nunca livro um livro no qual a na historia tenha como personagens gays, atiçou mto mto mais a minha curiosidade rs 🙂

    Adorei a resenha *-*

    Beijos, Indy.

  43. Quemuel disse:

    Oi!
    Amei a resenha, louco pra ler o livro (depois de a culpa é das estrelas tudo do john green me interessa).

    Beijos, Quemuel

  44. É um livro totalmente diferente da maioria dos que já li. Estou querendo a um tempo, mas minha wishlist é bem grande e eu vinha dando a livros que saíam mais em conta. Vamos ver se eu dou a sorte de ganhar.

  45. Nossa estou super curiosa para ler esse livro, o que o John Green trás nesse muitos poucos autores bons trouxe.

  46. Aione Simões disse:

    Oi querida!
    Ainda não peguei o livro pra ler, apesar de estar bem curiosa – principalmente depois de ter lido Todo Dia, do Levithan, e ter me apaixonado por completo.
    Vi que algumas pessoas não curtiram muito e isso me deixou um pouco receosa, mas sua resenha me animou bastante!
    Pelos seus comentários, principalmente sobre o humor, também acho que vou gostar, e espero também me emocionar!
    Beijão!

  47. Li uma resenha desse livro ainda essa semana e agora sinto que peguei alguns spoilers inaceitáveis com a mesma Oo Independente disso ter acontecido ou não, o livro merece destaque apenas por tratar de um tema que é pouco falado na literatura de um modo geral. Por isso que, após ler (e se gostar de) outros livros do John Green ou até mesmo de David Levithan, irei ler esse, ainda que não seja de um gênero que estou totalmente por dentro.
    Beijos, Duda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *