MENU

by • março 2, 2014 • ResenhasComments (49)3111

[Resenha] Psicose, de Robert Bloch

PSICOSE

Depois de muito tempo fanática pelo filme, finalmente conferi a obra que o originou, escrita pelo norte-americano Robert Bloch e publicada em 1959. Poucas foram as vezes que tive vontade de ler o livro após já saber o filme decorado (sempre acontece o contrário), e só me arrependo de não tê-lo feito antes, pois adorei cada pedaço.

A experiência contrária trouxe suas vantagens e desvantagens. Começando pela parte boa, achei interessante conferir a história pelo ponto de vista de quem a criou. Durante o filme é impossível saber o que se passa na cabeça de Norman Bates e no livro isso é passado ao leitor de forma sensacional. A parte psicológica é muito bem construída e elaborada, incitando o leitor a indagar-se sobre a verdadeira natureza dominante de uma mente complexa e conflituosa.

Apesar do rápido vislumbre oferecido no primeiro capítulo sobre o cotidiano Bates, a trama inicial é focada na secretária Marion Crane. Antiga funcionária de um escritório imobiliário, certo dia seu chefe a encarrega de depositar uma grande quantia de dinheiro no banco e, vendo a oportunidade, Crane foge com o valor. Após quilômetros de distância, porém, é pega por uma tempestade, erra o caminho e acaba indo parar no hotel Bates.

Psicose é o típico thriller de suspense que conduz e manipula o leitor a se indagar o que irá acontecer, sem indicações de como tudo será resolvido. O autor se preocupa em soltar apenas aquilo que considera essencial no momento, manipulando seu público diretamente para onde deseja, atingindo o ápice e brilhantismo da trama na execução do clímax final. E é aqui que entra aquela desvantagem que mencionei lá em cima: meu conhecimento prévio do que iria acontecer.

Uma das coisas mais importantes do livro é justamente o elemento surpresa, o grand finale da história. Após a condução preocupada de Bloch e todo seu claro cuidado em entreter o leitor, infelizmente nunca poderei saber qual seria minha verdadeira reação ou se descobriria o que estava por vir antes que se revelasse. Claro, alguns podem dizer que tive essa experiência com o filme e, provavelmente, é verdade, só que assisto Psicose há tantos anos que não lembro sequer quando conferi a história pela primeira vez.

De qualquer forma, essa não é uma desvantagem muito grande. Principalmente levando em consideração a importância da obra como um todo e o quanto ela já me entreteve ao longo dos anos. Descobrir a trama por outros olhos, pela visão do autor, foi uma experiência maravilhosa, especialmente pela construção psicológica de um dos personagens mais icônicos do cinema e literatura, além de um rápido vislumbre de seu passado.

Para escrever Psicose, o autor se inspirou em uma série de assassinatos reais – que também serviram como base para a criação do filme O Massacre da Serra Elétrica. A história e descoberta de seu executor podem ser conferidas no livro de não-ficção Serial Killer, Louco ou Cruel? já resenhado no BA, que ganhará uma versão atualizada pelas mãos da Darkside Books, mesma editora que nos trouxe, após anos esgotado no mercado, este grande clássico da literatura de suspense.

Título original: Psycho
Editora: Darkside Books
Número de páginas: 256
Gênero: Thriller psicológico/Suspense
[rating: 5/5]

Related Posts

49 Responses to [Resenha] Psicose, de Robert Bloch

  1. Nunca li o livro, nem vi o filme. Muita curiosidade!

  2. Oi, td certo?
    Eu creio que sou uma das últimas pessoas no mundo de considerável idade (tenho 21) que não viram o filme, nem leram o livro e ainda por cima, me mantive sem spoilers. É um livro que eu tenho muita curiosidade de ler, adoro thrillers psicológicos.

    Adorei que no vídeo vc comentou do outro livro (que eu nem conhecia) também. Essas curiosidades são ouro para fãs haha

    Beijos
    http://arrastandoasalpargatas.blogspot.com.br/

  3. Rafael disse:

    Oi Eduarda,
    Sobre ver o filme antes de ler o livro, acho que é preferível quando já se sabe que o filme é muito bom (caso de quase todos do Hitchcock, hehehe).
    Por exemplo, eu li Rebecca antes de ver o filme. Adorei o livro, mas o filme, que é considerado muito bom também, perdeu o impacto que teria originalmente.
    Só mais uma coisa, assisti seu vídeo, onde você cita o filme The Girl. Dê uma olhada no site savehitchcock.com
    Esse filme conta só um lado da história, que provavelmente até tenha alguma coisa de verdade, mas que certamente é bastante exagerado. A própria Tippi Hedren não é uma pessoa das mais “coesas”, digamos assim, basta pesquisar sua vida 🙂

    • Eduarda Menezes disse:

      Oi, Rafael,
      Obrigada pela dica sobre o The Girl.
      Sobre o Rebecca, eu também li antes de ver o filme e confesso que gosto bem mais do livro haha Apesar de ter gostado do filme, claro. E você notou que modificaram o final, né? Não gostei muito disso, mas mesmo em relação ao filme em si, consegui sentir a atmosfera e o suspense mais fortemente durante a leitura.
      Abraços!

  4. Livro lindo esse! Quero muito ler 🙂

  5. Milena Soares disse:

    Gostei muito do filme e depois de ler essa resenha fiquei bastante interessada em ler o livro!

  6. Felipe disse:

    Oi Duda!
    Descobri tanto seu site quanto seu canal no youtube a pouco tempo e tenho colocado muitos livros na minha estante para ler baseado nas suas recomendações.
    Também nunca li o livro e nem vi o filme mas é um dos tops de prioridade para eu ler e ler sua resenha só me fez querer mais ainda ler ele! http://www.book-addict.com/wp-includes/images/smilies/icon_biggrin.gif

  7. Raquel Moritz disse:

    Aaaah como eu adoro esse livro ♥
    Acho muito sensacional!

  8. Pedro disse:

    Ok, sempre babo nas edições da Darkside, mas esse livro da muito medo? Sim tenho medo de coisas de terror após O Coisa do King

  9. Pretendo ler esse livro um dia, ainda mais com essa edição maravilhosa da Darkside. Essa edição limitada ficou tão linda que dá até dó de ler.

  10. Duda, concordo com você que deve perder um pouco a graça por já conhecermos de cor o final da história. Mesmo assim, creio que valha a pena só pelo capricho desse livro, a diagramação e a capa parecem belíssimas, é do tipo que é obrigatório se ter na estante!

  11. Ao ler sua resenha, vejo que fiz bem em não ter assistido ao filme antes de ler o livro que o originou. Gosto de mergulhar em romances sem saber muito a respeito deles.
    Pode soar estranho, mas gosto de histórias que são baseadas em casos verídicos. Adorei saber que foi exatamente isso que Robert Bloch fez.
    Você acabou de fazer com que Psicose disparasse para o topo da minha lista de desejados. Aliás, não é de hoje que você me influencia a comprar livros… hahaha
    Estou aguardando o roteiro adaptado! Espero que, até lá, eu já tenha lido a obra.

  12. Resenha incrível, descreveu em detalhes a sensação da sua leitura (que graças a Deus não se prejudicou tanto por ter visto o filme) e desperta na gente a vontade de entrar na descoberta desse suspense…
    Ainda não vi o filme, quero ler esse livro primeiro, acho que vai ser melhor nessa ordem.
    As edições da Darkside Books são lindas demais, pena os preços 🙁

  13. Nilsen disse:

    Duda, você tem uma energia tão boa nos vídeos, sabia? Adoro o seu jeito de falar, é tão espontâneo 🙂

    Sobre Psicose, eu li no mês passado e também gostei muito do livro. Só agora que estou pegando o costume de ler histórias desse gênero, e está sendo uma delícia variar um pouco as minhas leituras. Agora a próxima meta e assistir ao filme pra ver se é fiel ao livro!

    Beijo.

  14. As edições da DarkSide são muito caprichosas. A História, fantástica. Uma combinação perfeita.

  15. Shadai disse:

    Excelente resenha sobre esse clássico!
    Tenho o dvd duplo, pois é um dos melhores filmes de todos os tempos – já assisti várias vezes, mas a emoção do final eu acabei nunca tendo pois já sabia antes de assistir, infelizmente.
    Tenho muita curiosidade em ler o livro para poder comparar com o clássico do Hitchcock.
    Gostei de saber que tem mais aspectos psicológicos nesse Bates, combina também com a série Bates Motel que tenho acompanhado e gostado.

  16. Parabéns pelo excelente trabalho Duda, ficou muito boa a resenha, estou com vontade de ler o livro agora.

  17. Iure Carvalho disse:

    Esse livro foi muito bem cuidado pela editora. A Dark Side Books está de parabéns. 🙂
    Eu ainda não li este livro porque eu sempre esqueço de comprar. Creio que deva ser bem legal; primeiro porque já vi resenhas em alguns canais do YouTube, inclusive esse. Segundo, porque assisti a 1 temporada de #BatesMotel (adorei!) e iniciando a temporada 2.
    Sua resenha foi bem esclarecedora e empolgante. 🙂

  18. Valnikson disse:

    Todo fã do Norman Bates e do clássico filme do Hitchcock está babando por essa reedição do romance no Brasil. Não é pra menos, esse designe está maravilhoso. Sonho de consumo!
    Parabéns pela ótima resenha 😉

  19. Odo Villar disse:

    A edição desse livro está muito bonita. Eu não tinha tanto interesse em conhecer o enredo do livro nem do filme, mas fiquei bastante empolgado com a sua resenha. Parabéns. =)

  20. Gisely Santos disse:

    Estou louca por este livro desde que vi o filme 😀

  21. Willian disse:

    Resenha bem elaborada, resumindo de forma simples e inteligente o conteúdo do livro, despertando o interesse dos leitores.

  22. Quero muito ler. Já vi o filme, mas creio que o livro deve ser bem melhor.

  23. Esse é um livro que adoraria ler principalmente porque assisti ao filme há muitos anos atrás. Creio que ler o livro preencherá algumas lacunas que o filme, por si só, não poderia preencher, pois a história é densa e cheia de suspense. Amei a resenha.

  24. Angelo Otto disse:

    Estou com muita vontade de ler esse livro!!

  25. Gente que coisa mais linda esse livro. Estou realmente empolgada para lê-lo pois ainda nao vi o filme do Hitchcock (sim, nem eu acredito nisso). Nao sabia que o autor tinha se inspirado na série de assassinatos que vc mencionou, e já coloquei na minha lista de leitura o “Serial Killer, Louco ou Cruel?” que vc citou pois simplesmente amo esse tema!

  26. Maiara Vieira disse:

    Sou louca por esse livro por dois motivos:1- Eu ainda não assisti ao filme então seria uma leitura muito boa já que não sei o que acontece no final. E 2- Essa edição da Darkside está simplesmente maravilhosa!

    Amo thrillers e esse já está na minha wishlist, espero adquirir ele em breve!!!

    Beijão ;*

  27. Eu sou louco por esse livro e sempre tive vontade de assistir ao filme tanto é que estou com um projeto no blog para assistir e hitchcock está entre eles. O trabalho gráfico da darkside é impecável sem dúvidas e quero assistir a série também. Parabéns pela resenha espero adquirir o livro em breve.

  28. Sou apaixonada pelo filme e sempre vejo quando posso.
    Depois que a DarkSide lançou o livro fiquei louca pra ler, mas nunca sobra dinheiro pra comprar 🙁
    Com o tempo deixei de lado e fui criando outras prioridades, mas sua resenha me animou de novo.

  29. ADOREI!!!
    Gosto de vários dos filmes e séries que serviram de inspiração para o livro acredito que eu vá amar o livro também
    Estou ansiosa para ler, obrigada pela resenha pois não conhecia esse livro e fiquei muito feliz em descobrir sobre a existência dele *-*

  30. Helena Dias disse:

    Acho que esse foi um dos melhores filmes que eu já vi.
    Super ansiosa pra ler o livro. E, você me motivou mais ainda!!
    Parabéns pela resenha.

    Aguardo a sua opinião sobre livro vs filme.

    Beijos.

  31. Primeiramente gostaria de dizer que amei seu blog, o layout é muito bonito, costumo assistir seus vídeos no YouTube e é a primeira vez que visito a página.

    Sou fã de tramas que envolvam Serial Killers,assisti um remake de Psicose, mas ainda não tive a oportunidade de assistir o original, quem sem dúvidas deve ser muito melhor. Dos episódios que assisti de Bates Motel gostei bastante. Enfim, fiquei bem interessada em ler o livro que originou o filme, deve ser muito bom.

  32. Jonathan Yure disse:

    Essa edição é simplesmente maravilhosa, preciso muito ter esse livro. rs Está com certeza na minha lista de desejos. Resenha fantástica o único problema é que o final já não é novidade pra ninguém. rs
    Abração.

  33. Darkside chegou arregaçando com, como sempre, uma edição caprichada. O filme Psicose tem um clima de suspense envolvente justamente por você se sentir tensionado pela expectativa, acredito que com o livro deva ser melhor ainda, já que a nossa imaginação somada ao desconhecido (que não vai ser tão desconhecido assim, nesse caso) pode ser nossa pior inimiga. No aguardo, espero ler futuramente.

  34. Tainara H. disse:

    Eu sempre tive interesse em ler esse livro, já que, ao contrário do cinema, eu gosto muito de terror na literatura e tenho interesse, sobretudo, em conhecer os clássicos. Não assisti ao filme e não sei se pretendo, já que sempre tive um pouco de medo desse tipo de filme, mas quem sabe depois de ler o livro eu me anime em assistir. Já Bates Motel eu assisto e gosto muito, o que é mais um estímulo pra eu querer ler esse livro imediatamente, junto com essa ótima e positiva resenha e essa edição linda da DarkSide. 😉

  35. Olá Eduarda!

    Descobri o blog recentemente, e vou aproveitar pra dizer que aamo o design da página, muito bem feito!

    Adorei a resenha! E deixa eu te contar que sou a estranha que nunca viu o filme, não leu o livro e resolveu assistir o “Hitchcock” há uns poucos meses atrás, e tudo que eu sabia sobre “Psicose” era a cena clássica do banheiro e fim. Hahaha Então, sim, não foi uma boa ideia. E antes disso eu vi a edição normal da Darkside (com a imagem do ralo) e achei boa demais, mas acabei por não comprar o livro.
    Eenfim, a verdade é que eu não me abalei muito com alguns spoilers que acabei tendo (tento não pensar muito neles). Saber a fissura de Hitchcok pela obra de Bloch e todos os cuidados que teve pra gravar o filme, nossa, só fizeram eu ficar mais empolgada pra saber todo o resto da história!

    É um dos principais livros da minha meta de leitura pra 2014 e vou começar muito em breve!
    Beijinhos

  36. Cynthia disse:

    Bom eu assisti o filme e quero muito muito muito mesmo ler o livro!!!

  37. Bruh Novais disse:

    Adorei a resenha, já queria ler o livro, depois da resenha quero muito mais !

  38. Adorei a resenha, esclareceu bastante algumas duvidas que eu tinha sobre ler ou não ler, agora estou muito curiosa…

  39. Adorei a resenha. Sou louca pra ler esse livro, tanto que até hoje não assisti ao filme, porque quero ler primeiro. E gente, que edição linda essa da Darkside!

  40. Faz taaaaanto tempo que vi psicose (tempo mesmo) que era muito nova e sinceramente não me recordo muito bem. Então, estou super ansiosa pela leitura. Sem contar que a edição é a coisa mais linda (fico tão triste com as editoras brasileiras por lançarem tão poucas opções acessíveis de hard cover!)
    Adorei a resenha e o vídeo!

  41. Caroline disse:

    Assisti o filme ano passado e simplesmente me encantei pelo Norman que me parecia ter uma personalidade dúbia no inicio. Não sabia se ele seria um dos mocinhos ajudando a mocinha ou o vilão, mas ai a mocinha na verdade era a vitima. É, eu pensava que a cena do chuveiro era só no final, mas foi logo no inicio do filme. Mas após isso e ver a situação dele com a mãe eu já imaginei o final, até porque foi o período que eu li um livro, de Sidney Sheldon que tinha essa mesma surpresa e assisti um ano antes “3 desculpas para matar” então eu já ficava com isso na minha cabeça e acredito que dificilmente me surpreenderei com esse tipo de história, mesmo assim eu me interesso por esse tipo de assunto sobre a personalidade. Tanto que li “O médico e o monstro” já imaginando só pelo titulo do que se tratava.

    Estou tão interessada por esse livro, eu não sabia de sua existência, estou curiosa em ver essa história de uma forma mais detalhada. Também há uma série baseada na obra, acho que se chama Bates Motel e eu estou curiosíssima também para acompanha-la.

  42. Aaaaaaa quero mttt ler esse livro!! Amo o filme e n vejo a hora de ler essa historia

  43. Lorrine Leite disse:

    Eu nunca vi o filme, apesar de ouvir falar dele desde sempre, acredita?! http://www.book-addict.com/wp-includes/images/smilies/icon_redface.gif

    Gosto muito de histórias de suspense, thrillers psicológicos e fico muito feliz que a Darkside resgatou esse clássico pra gente depois de tanto tempo. E que capricho dessa editora! Tô de olho em vários livros dela, parece um trabalho muito bem feito!
    Quero muuuuito ler!

  44. Desde que eu fiquei sabendo que a editora DarkSide iria lançar o livro fiquei em um estado de ansiedade imenso. Principalmente porque mesmo sem nunca ter visto o filme, já sabia de alguns detalhes da história que me deixavam curiosa para desvendar mais do enredo. Além disso, por se tratar de uma trama com tanta carga dramática e psicológica, creio que terei uma experiência muito boa de leitura dado que eu sou apaixonada pelo gênero.
    De verdade, espero poder lê-lo em breve.
    Beijos!

  45. Duda!
    gostei de saber que na obra original, que inspirou o filme, temos a visão psicológica do que acontece com Norman Bates de fato para torná-lo um assassino. O filme não deixa muito claro…
    Muito boa resenha.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *