MENU

by • setembro 8, 2014 • ResenhasComments (3)2837

[Resenha] Aniquilação, de Jeff Vandermeer

Um grande terreno conhecido como Área X, um local misterioso e isolado. O livro se inicia com a décima segunda expedição mandada até o lugar para uma nova sondagem. As anteriores haviam falhado, resultando em assassinatos, suicídios e mudanças sinistras de personalidade. Formada por um grupo de quatro mulheres, a nova equipe sabe muito pouco o que esperar, apenas o que havia sido dito durante uma longa preparação. Contudo, ao chegarem lá e se depararem com diversas coisas estranhas, percebem que o treinamento quase de nada serviu para o que encontrariam.

AniquilaçãoContado pelo ponto de vista da bióloga através de seu diário, é natural que o leitor não entenda muito bem o que está acontecendo, tal qual a personagem. Ela logo percebe que foi enganada pelas pessoas que a mandaram até ali e que possui pouquíssimas informações. Os mistérios vão logo se avolumando. O que seria aquela grande construção subterrânea que parece pulsar de uma forma estranha? O cenário é desolador e de primeira me pegou em cheio com a linguagem rápida e seus diversos enigmas.

“Nossa missão era simples: retomar as investigações do governo sobre os mistérios da Área X, avançando devagar a partir do acampamento principal.”

Eu diria que Aniquilação teria todos os ingredientes para me agradar. Adoro enredos enigmáticos. Aquela típica história que desafia a nossa mente a criar possibilidades – visto em seriados como Lost, Alcatraz, Flash Forward (que também é um livro) -, e de início me senti presa ao que as poucas personagens do livro descobriam e seus desdobramentos. O autor ainda utilizou um artifício que funcionou perfeitamente para me deixar nervosa e presa à trama: a protagonista conta logo de cara que suas companheiras vão morrer em poucas horas.

“Eu lhes diria os nomes das outras três, se isso tivesse alguma importância, mas apenas a topógrafa vai durar mais um ou dois dias.”

A ambientação sinistra emana um clima de expectativa. Eu costumo ler durante à noite (adentrando a madrugada), então aconteceu aquele frio na espinha vez ou outra, visto que são poucas personagens para um local amplo, desolado, deserto e bizarro. O clima de desbravamento permanece ao longo do livro e me agradou por um bom tempo. Creio que o problema tenha sido em relação ao que o autor ofereceu aos seus leitores como desfecho. Eu esperava mais.

Tudo bem, é uma trilogia. Só que às vezes me sinto enganada pela falta de necessidade, principalmente em relação a um livro que mal chega a 200 páginas com letras médias e muito espaço a ser preenchido. O que concluo é que ele poderia ter deixado a ideia de trilogia de lado e desenvolvido uma excelente história de um livro só que não deixasse tantos buracos e coisas a serem esclarecidas, com um melhor aproveitamento de personagens e ideias. As explicações foram quase ou totalmente nulas.

Fui de algo que estava adorando no início para um final inconclusivo que me fez não saber ao certo se a ideia de Jeff Vandermeer é genial ou sem nexo, simplesmente porque não posso opinar em relação a uma coisa que termina no meio. É como se eu tivesse parado na metade de uma história, ou seja, não consigo tirar conclusões com aquilo que me foi apresentado, contanto que eu saiba o seu desfecho e daí possa opinar se foi bom ou ruim. “Mas, Duda, tem continuação!”. Eu concordo. Mas dessa vez simplesmente não foi possível saber o que raios ele tem em mente e se a explicação será suficiente ou não.

Eu não consigo evitar querer saber o que vai acontecer. Sendo assim, por mais que tenha me decepcionado em certos aspectos, creio que o livro agrade a quem procura uma trama de suspense e mistério com pitadas de terror. Só não dá pra ir muito ávido ao pote. Certamente, pela capa, eu não esperava algo que pudesse me passar nem de leve uma sensação de medo, e isso aconteceu. Eu fiquei nervosa e curiosa. Só espero que ela traga uma justificativa razoável aos enigmas apresentados.

Título original: Annihilation
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 200
Gênero: Ficção científica/Terror
[rating: 3/5]
Cedido em parceria com a Intrínseca

Related Posts

3 Responses to [Resenha] Aniquilação, de Jeff Vandermeer

  1. Estou louca para ler esse livro, com certeza lerei em breve. Ultimamente ando meio desanimada de começar séries, justamente porque queria saber logo o que vai acontecer e tenho que esperar continuações… mas essa parece valer a pena.
    Ainda não tinha visto como ele está por dentro, achei lindíssimo – e também adorei essa cor inusitada da capa!

    http://blogsemserifa.wordpress.com

  2. Roberto Silva disse:

    Oi Duda, ganhei esse livro em um sorteio da Intrínseca e não me interessei muito pela história, estou até pensando em trocar no skoob. Gostei da sua resenha

  3. Nossa a trama desse livro parece ser muito boa, mas sinceramente eu gostaria talvez que tivesse mais, bom eu digo isso só por ler sua resenha, não li ainda o livro mas pode ter certeza que vou ler para tentar entender e vê se eu gosto do livro.
    Beijos
    Ceci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *