MENU

by • outubro 1, 2014 • ConversasComments (10)3565

Quero criar um blog: Por onde começar?

Já recebi muitos e-mails de leitores pedindo dicas e sugestões para começar um blog. Posso não ser a maior expert no assunto, mas é claro que nesses mais de três anos blogando seria impossível não aprender algumas coisinhas aqui e ali. Pensei em começar uma série sobre o assunto: desde o basicão geral como “coisas que se deve ter em mente quando começamos um blog”, até visões mais específicas de como eu vejo a blogosfera, tanto levada de forma amadora, como um hobby, até o lado mais profissional de quem quer fazer dela o seu ganha pão. O que vocês acham? Tem interesse no assunto? Neste primeiro momento começarei apenas com o básico: como começar?

1. Procurar um assunto que seja do seu interesse.

Pode parecer o conselho mais batido do mundo, mas vale sempre ressaltar: ache alguma coisa que você ama verdadeiramente, que você gosta tanto a ponto de conhecê-la a fundo e se sentir confortável falando sobre ela. Ninguém começa um blog direto para o estrelato e o seu conteúdo será justamente o diferencial, aquilo que trará o visitante novamente ao seu blog, procurando por mais, criando, aos poucos, um público fiel. Para isso, é necessário que você ao menos domine o assunto exposto; já pensou começar um blog de moda quando você está por fora das tendências e não sabe sequer nomes de tecidos, estilistas, marcas? E não adianta dizer que nada disso é necessário, porque é. Se o leitor percebe que o blogueiro está ali soltando abobrinhas e nem ao mesmo conhece sobre o que escreve pode ter certeza que ele não se sentirá cativado pelo espaço e dificilmente voltará a visitá-lo. Além do mais, você está fazendo isso porque gosta, e pode até sentir a empolgação inicial, mas só terá gás suficiente para mantê-lo atualizado caso o faça por prazer, ou seja, falando sobre algo que você realmente curte e sendo honesto e sincero em relação a tudo que escreve. Fique certo que as pessoas perceberão.

2. Layout

Pode não ser o mais importante de todos, afinal, o conteúdo tem um valor imensamente maior (acredite!), mas vale pedir a um amigo ou mesmo descolar uma graninha para contratar alguém que irá preparar um espaço legal e clean para você. O blogueiro pode até escrever super bem e arrasar em ideias para seus textos, mas um fundo verde com letra branca (parece exagero, mas já encontrei coisas piores) irá afugentar toda e qualquer pessoa que entrar em sua página. Um site limpo, organizado e bem catalogado irá chamar a atenção de quem o visita, pois essa pessoa se sentirá confortável ali. Menos é mais. Não caia na tentação de encher o local de frescurinhas, seta do mouse personalizada ou estrelinhas rolando pela tela. Tudo isso incomoda (e muito) a leitura, que é o mais importante. E lembre-se: a aparência do site é como a porta de entrada de sua casa ou local de trabalho: deve ser o mais apresentável possível e, claro, possuir a identidade de seu dono.

3. Dedicação

Centenas de blogs surgem todos os dias, e, inicialmente, o seu será apenas mais um entre muitos. O que o destacará dos outros depende unicamente de você. Procurar coisas interessantes para discutir, elaborar textos completos, resenhas (seja ela de livros, filmes ou produtos diversos), tudo isso irá demandar uma boa dose do seu tempo. Não adianta achar que é chegar ali, escrever um resumão mal feito e depois não entender porque ninguém visita o seu blog, porque ele ainda não deslanchou, etc, etc. A dedicação é quesito essencial em todo e qualquer blog. É mantê-lo atualizado, criar uma agenda mesmo quando parece que ninguém o visita e começarem as dúvidas se isso vale mesmo a pena ou não. O que irá diferenciar o seu blog de um já consolidado e conhecido é o fato daquele blogueiro que você considera popular não ter desistido no início ou nas adversidades.

4. Blogger ou WordPress?

É uma decisão muito pessoal. Particularmente, comecei com o Blogger e não me arrependo de tê-lo usado inicialmente. É uma plataforma mais fácil, totalmente gratuita e auto explicativa. Se você ainda não se sente seguro de que realmente quer manter um blog por anos à frente, pode ser a melhor opção pela simplicidade e descompromisso. Já o WP oferece mais funcionalidades, total liberdade na construção de layouts e os maravilhosos plugins. Considero o WP infinitamente melhor do que o Blogger; é uma plataforma muito mais completa. Contudo, para que você tenha acesso a todas essas funcionalidades, é necessário pagar uma hospedagem (com pacotes mensais ou anuais), além de seu domínio próprio (pago anualmente) e um conhecimento básico em HTML – você aprende com o tempo, acredite! Caso você opte pela versão gratuita da plataforma, haverá uma série de restrições: você só poderá instalar temas próprios da rede, não terá acesso aos plugins ou instalação do Google Analytics, entre várias outras desvantagens. Ou seja, só vale realmente a pena a versão paga. Caso opte por uma gratuita, o Blogger certamente servirá melhor ao seu intento – na versão sem custo ele é mais completo -, até porque é sempre possível uma migração depois (apesar de super trabalhosa) , como foi o meu caso.

5. Organização

Esse tópico poderia facilmente entrar no quesito layout lá em cima, mas me refiro especificamente a organização das postagens em si. O seu layout pode ser lindo, maravilhoso, você contratou o melhor profissional que o tornou um presente para os olhos. Mas daí você vai lá e escreve posts bacanas, porém desorganizados, com espaços enormes e desproporcionais entre uma linha e outra, imagens de baixa qualidade ou ultra pequenas, letras muito grandes ou extremamente minúsculas, etc. Busque sempre otimizá-lo de uma forma que seja boa para todo mundo, não apenas para uma pequena parte. Tem site que eu entro e literalmente aumento o zoom da tela de tão pequeno que é o texto, mas não é todo mundo que terá a disposição de fazê-lo; é mais provável que essa pessoa simplesmente desista e parta pra outro. O tamanho pode estar ótimo para você, mas e para alguém com uma leve miopia ou qualquer problema de vista diverso? Também não vale colocar um negócio enorme, seja razoável. Porque você acha que o Facebook e o Twitter usam a mesma fonte e tamanho padrão? Existe todo um estudo por trás.

_______________________________________________________________________________________

Tem mais alguma dúvida ou sugestão referente a essa parte inicial? Deixe nos comentários! Também fique à vontade para deixar sugestões sobre tópicos futuros referentes ao assunto. Mais à frente pretendo falar sobre postura nas redes sociais, parcerias, o que fazer, não fazer, etc, mas seria ótimo ter uma ideia das principais dúvidas de vocês.

Related Posts

10 Responses to Quero criar um blog: Por onde começar?

  1. Lucas disse:

    Que legal, Duda.
    Sempre tive curiosidade sobre esse lance de começar um blog. Ficou tudo muito bem explicado. Quem sabe um dia eu faça um sobre livros, né? Às vezes acho que tenho algo a mais para dizer sobre os livros que leio.
    Beijo ;DDD

  2. Oi duda tudo. Bem gostaria de saber padrão para fazer resenha.

    Bjs
    Thaís

  3. Camila K. disse:

    Duda, apesar de já ter meu filhote, é sempre bom ver dicas novas! Adorei a proposta do post e vou deixar guardadinho aqui pra consultar de vez em quando!
    Já há um tempo tenho vontade de profissionalizar meu blog e suas dicas com certeza vão ajudar.

    Beijos!

  4. Nilsen disse:

    Uma das coisas que eu mais gosto em ter um blog é que a gente nem percebe o quanto aprende com o tempo. O MDA me forçou a aprender edição de vídeo e imagens, a mexer nos recursos do Google e várias outras coisinhas <3

    Sem dúvidas as suas dicas são ótimas e já são uma boa ajuda para quem quer começar e tá se sentindo meio perdido 🙂

  5. Duda, muito bacana sua iniciativa, parabéns! Acredito que muitos leitores já pensaram na possibilidade de começar um blog, mas falta conhecimento ou incentivo. Quem sabe você não está incentivando novas ideias a serem compartilhadas e todos nós sairemos ganhando com leituras tão boas quanto as que encontramos no seu blog!

    bjos,

    Flávia

  6. Aline Praça disse:

    Oi Duda! http://www.book-addict.com/wp-includes/images/smilies/icon_wink.gif

    Adorei o post, acho q a dedicação e escrever sobre assunto de seu interesse são os itens mais importantes!
    Adorei o blog!
    Bjos!

    http://www.leituravipblog.com

  7. Amei o seu post. Comecei um blog recentemente e tenho tido alguns problemas, principalmente com organização. Você podia falar mais sobre a migração para compra de um domínio. Como faz, quanto custa, as dificuldades que acontece.. E se você puder poderia também fazer um post sobre indicações de pessoas que façam layouts, banners e tals. Beijos

  8. Oi, td bom?

    Adorei a ideia! Meu blog é relativamente novo, fará um ano em dezembro (nem acredito que já passou tudo isso de tempo…) e adoro dicas que me ajudem a melhorar 🙂

    Beijos!
    Arrastando as Alpargatas

  9. Luan Jonathan disse:

    Adorei as ideias e sugestões, adorei o tópicos para o próximo post e quero dizer que eu tenho um blog e fará um ano em breve e ainda tenho dúvidas, apesar de ter um certo conhecimento, mas sempre mais é melhor!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *