MENU

by • maio 28, 2015 • ResenhasComments (2)1797

[Resenha] As Fendas do Reino, de Jaclyn Moriarty

Resenha sem spoilers do livro anterior

As Fendas do Reino é o segundo livro da trilogia As Cores de Madeleine, sequência direta de A Fenda Branca, que já havia me conquistado totalmente com seu mundo fantástico repleto de cores, intrigas e vivacidade. Escrito pela australiana Jaclyn Moriarty (irmã da também escritora Liane Moriarty, de O Segredo do Meu Marido), a trama traz um universo em que nosso mundo coexiste com um reino paralelo em outra dimensão.

As fendas do reinoO gatilho para os eventos é a correspondência trocada pela jovem londrina Madeleine e o celliano Elliot. Apesar de acompanharmos o desenvolvimento desse relacionamento, a autora dispersa nossa atenção para outras interações e problemáticas que ambos enfrentam em seus próprios mundos, à primeira vista completamente desconectadas. Essa alternância, feita com habilidade, nos mostra diferentes pontos de vista, além do uso de variadas formas narrativas como é o caso da escrita epistolar em parte do enredo.

Depois de uma reviravolta no final do primeiro da série, o segundo adquire tons mais urgentes e conspiratórios. Acontecimentos aparentemente insignificantes ganham novos contornos a medida que certas revelações são passadas ao leitor (algo que a autora sabe fazer muito bem desde o primeiro, mas, principalmente, no segundo da trilogia). É comum encarar uma situação como algo simplório e natural para apenas alguns capítulos depois se surpreender com sua engenhosidade ao explorar o que já havia sido “despretensiosamente” abordado, agora de uma forma diversa.

Essas reviravoltas bem vindas, especialmente ao final de cada livro, deixam claro a habilidade da autora ao criar uma estrutura solidamente interligada para os três volumes. Nada é colocado apenas por acaso e tudo tem um sentido predeterminado que será esclarecido ao leitor no seu devido tempo. Essa atenção aos detalhes já havia sido bem trabalhada em A Fenda Branca, mas está claramente mais afiada em sua continuação.

As fendas do reino (3)

Há muita leveza e sensibilidade na escrita da Jaclyn e sua mão acerta na dosagem equivalente entre realidade, fantasia, imaginação, criatividade e possibilidades. Adoro sua forma de mesclar personalidades de nosso mundo com a possível história de Cello. Em passar veracidade ao criar algo tão fantástico quanto um reino mágico de outra dimensão onde as cores adquirem forma física, as estações climáticas são acíclicas e tudo é tão diferente e ao mesmo tempo tão essencialmente humano como se sempre tivesse estado ali.

“(…) estes computadores aqui teriam parecido mágica quando Charles Babbage trabalhava em suas máquinas. Ímãs e eletricidade também já foram mágica. E Isaac Newton, quando começou a explicar que a gravidade se estendia até a Lua, foi alvo de zombarias (…) se existe um universo ali na frente, existe também um universo paralelo.”

Essa junção de um mundo fantástico bem elaborado, mesclada com ótimos personagens e crescentes revelações que nos mostram que as coisas não eram de forma alguma o que pensávamos é o que torna a série tão espetacular a ponto de tê-la alçado como uma das minhas preferidas. É difícil comentar sobre uma continuação sem soltar nada que comprometa a leitura anterior, mas o certo é que a autora intensificou o que eu já havia amado no primeiro livro e fechou tudo de forma tão interessante e inesperada que mal posso aguardar para ter o terceiro e último volume em mãos.

Título original: The Cracks in the Kingdom
Editora: V&R Editoras
Número de páginas: 400
Ano: 2014 (esta edição: 2014)
Gênero: Fantasia
[rating: 5/5]
Exemplar cedido pela V&R

Related Posts

2 Responses to [Resenha] As Fendas do Reino, de Jaclyn Moriarty

  1. Nessa disse:

    Oi Duda
    Gostei bastante de conhecer este livro, a história parece ser muito boa. Fiquei curiosa para conhecer mais deste reino criado pelo autor.
    Não conhecia estes livros, gostei dessa premissa, fiquei com vontade de ler.
    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *